Acesso à informaçãoFaltam 23 dias para a Copa

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2018 no JBRJ

Em 2018 a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) apresenta para o público sua 15ª edição, com o tema “Ciência para a Redução das Desigualdades”. De acordo com a organização do evento, a motivação para a escolha baseia-se na Agenda 2030, estabelecida pela Organização das Nações Unidas – ONU, e seus Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS, em particular o ODS 10 – Redução das Desigualdades.

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) participa da SNCT com diversas atividades para mostrar ao público como é feito o trabalho científico neste importante instituto dedicado à pesquisa e à conservação da biodiversidade. Visitas guiadas por botânicos, happy hour com ciência no Jarbô, jogos, oficinas, exposições, palestras e vídeos no Museu do Meio Ambiente estão programadas para os dias 18, 19, 20 e 21 de outubro (quinta a domingo).

Confira a programação completa:

Visitas Guiadas especiais

- Coleção Temática do Orquidário, com a bióloga e curadora da coleção Delfina Araújo. Visita guiada na estufa e na área externa do Orquidário.
Datas: 18 e 19/10 às 12h e  20 e 21/10 às 10h.
Duração: 40 a 45 minutos
Inscrição: no Centro de Visitantes

- Roteiro Botânico pelo Arboreto com o pesquisador do JBRJ, Marcus Nadruz. O objetivo da visita guiada é mostrar a diversidade das espécies cultivadas, a importância de uma coleção viva, a organização do Arboreto em relação às aleias, canteiros e distribuição dos espécimes. Também serão contados alguns fatos históricos relacionados a algumas espécies e suas utilidades.
Datas:18 e 19/10 às 10h
Duração: 1h30
Inscrição: no Centro  de Visitantes - máximo de 25 pessoas

- Coleção Temática do Cactário, com os biólogos Ricardo Reis e Diego Gonzaga. Visita Guiada ao Cactário com detalhamento sobre a coleção.
Datas: 18,19, 20 e 21/10, às 10h
Duração: 50 min
Inscrição: no Centro  de Visitantes - máximo de 25 pessoas

- Trilha Histórica, com a equipe do Centro de Visitantes. Na visita serão abordados pontos de relevância existentes no arboreto do Jardim Botânico, entre eles espécies botânicas, monumentos artísticos e arquitetônicos.
Datas:  18, 19, 20 e 21/10, às 10h e às 14h
Duração:  1h30 min
Inscrição: no Centro  de Visitantes - máximo de 25 pessoas

- A Amazônia no Jardim Botânico do Rio. A paisagista do JBRJ Ana Rosa de Oliveira apresenta as árvores da Amazônia no JBRJ, destacando o porte monumental, uso econômico, usos ornamentais e espécies ameaçadas de extinção.
Data: 20/10, às 11h e às 15h
Duração: 50 minutos
Inscrição: no Centro  de Visitantes - máximo de 25 pessoas

* Ingresso para o Jardim: R$15,00 (inteira) / R$7,50 (meia) crianças até 5 anos não pagam. Pagamento em dinheiro ou cartão de débito.


Happy hour com Ciência no Jarbô


- Conversando sobre pesquisa  – com o diretor de Pesquisa Científica do JBRJ Renato Crespo Pereira e o coordenador de Coleções Vivas Marcus Nadruz Coelho.
Data: 18/10, das 17h às 18h30
Duração: 1h30

- Vamos falar de polinização! E o que isso tem a ver com desigualdades – com o pesquisador Leandro Freitas (JBRJ)
Data:19/10, das 17h às 18h30
Duração: 1h30

Stands no Museu do Meio Ambiente – segundo andar, das 9h às 17h
 
- Projeto Mantis
Mantis é o nome de um projeto que cataloga louva-a-deus raros da Mata Atlântica. O público poderá ver vários exemplares desses belos animais, inclusive vivos, ilustrações científicas e registros fotográficos feitos em expedições, além de conversar com os pesquisadores que os estudam. O Projeto Mantis recebeu o prêmio de fomento à pesquisa da National Geographic, na categoria Early Career Grant.
Datas: 19, 20 e 21/10

- Herbário RB
Oficina de herborização de plantas e exposição de amostras de plantas e fungos que fazem parte da coleção do herbário do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, criado em 1890 pelo naturalista Barbosa Rodrigues.
Data: 18, 19, 20 e  21/10

- A ciência por trás da madeira
A oficina apresenta a diversidade de madeiras, como é feita a sua identificação e por que saber identificar madeiras é útil em várias áreas. Também mostra como é aferida a idade das árvores e como incêndios florestais são registrados na madeira.
Leonardo B. do Nascimento e Rafael P. Albuquerque (pós-graduandos da Escola Nacional de Botânica Tropical (ENBT)
Datas: 18 e 19/10

- Plantas parasitas: quem são e onde estão?
Nesta oficina, o público descobre várias espécies e tipos de plantas parasitas, que poderão ser manuseadas e observadas ao microscópio. Também participa de brincadeiras e conversas sobre o tema com pesquisadores e alunos do JBRJ, UFRJ e UFRRJ.
Data: 18, 19, 20 e 21/10

- Acervo científico e sua importância
Os cientistas se utilizam de diferentes acervos em suas pesquisas, mas pouca gente sabe quais são os tipos de acervos existentes, o que eles guardam e qual a sua importância. Uma equipe de pós-graduandos do Jardim Botânico e do Museu Nacional vai revelar tudo!
Datas: 18 e 19/10

- Do remédio à política: etnobotânica em foco
Remédios, móveis, roupas, alimentos, construção são alguns dos diversos usos que as pessoas fazem das plantas – não podemos viver sem elas! A Etnobotânica estuda as relações entre as culturas humanas e as plantas e mostra como essas relações afetam a população em geral.
Data: 20 e 21/10

- A Fauna do Jardim Botânico
Jogo de tabuleiro e oficina de pintura de máscaras de animais são algumas atividades no stand do Núcleo de Conservação da Fauna do JBRJ, onde o público descobre quais são os animais que vivem no Jardim e como cuidar bem deles.
Datas: 18, 19, 20 a 21/10

- Acervo Fotográfico Histórico
Um computador para acesso ao Acervo Fotográfico Histórico do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. A partir de 18 de outubro, as 17.000 fotos estão disponíveis online em http://acervo.jbrj.gov.br.  Os preciosos registros abrangem mais de 100 anos de momentos relevantes da história da instituição, bem como de expedições realizadas no território brasileiro. Destacam-se cerca de 2000 negativos de vidro datados do período de 1900 a 1940, pela sua importância e valor documental.
Datas: 18, 19, 20 e 21/10

- Cidadania e Meio Ambiente
O Educativo do Museu do Meio Ambiente traz dois jogos baseados nos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), com foco na Redução das Desigualdades, relacionando os conceitos de conservação da diversidade e justiça social.
- Jogo de tabuleiro Construção da Cidade Sustentável;
- Jogo dos 17 Acertos (interativo e virtual).
Datas: 18, 19, 20 e 21/10

- Oficina de Jardinagem para Crianças
A equipe do Centro de Responsabilidade Socioambiental dá dicas para o cultivo de plantas usadas na culinária, como manjericão, orégano e alecrim, e o participante pode levar para casa as mudas plantadas em vasinhos.
Datas: 18, 19, 20 e 21/10

- Oficina de Ilustração Botânica
Atividades de desenho botânico para crianças, jovens e adultos, orientadas pelos professores de Ilustração Botânica da Escola Nacional de Botânica Tropical (ENBT), Paulo Ormindo e Malena Barreto. Os participantes também podem conversar com vários ilustradores e descobrir como é realizada esta arte fascinante e de grande importância para a ciência.
Datas: 18,19, 20 e 21/10

- Iniciação Científica- Ensino Médio
Os bolsistas de Iniciação Científica do Centro de Responsabilidade Socioambiental apresentarão suas pesquisas realizadas no Jardim Botânico.
Datas: 18, 19, 20 e 21/10

- Homenagem ao Museu Nacional
A Biblioteca Barbosa Rodrigues homenageia o Museu Nacional, que completou 200 anos em 2018 e teve parte preciosa de suas coleções destruídas por um incêndio em setembro. Serão expostas revistas publicadas pelo Museu que estão no acervo da biblioteca do JBRJ.
Datas: 18, 19, 20 e 21/10

- Pesquisas do Jardim Botânico em vídeo
Exibição, em sessão contínua, de quatro vídeos sobre pesquisas realizadas pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro: Montanhas da Amazônia, Reflora – muito além do repatriamento, Banco dos Abrolhos: maior complexo coralíneo do Atlântico Sul e Fungos.
As exibições serão em sala com TV no segundo andar do Museu do Meio Ambiente.
Datas: 18,19, 20 e 21/10


Palestra e outras atividades no Museu do Meio Ambiente, primeiro andar

- Palestra “Expedição Mantis: uma viagem pela Mata Atlântica”
Palestrantes: equipe do Projeto Mantis - Leonardo Moutinho Lanna, João Felipe Herculano Rocha, Lucas Linhares Fiat e Sávio da Silva Cavalcante do Nascimento.
O Projeto Mantis é um projeto brasileiro de pesquisa, conservação e registros de vida selvagem da Mata Atlântica. Tem como símbolo e foco de estudos os louva-a-deus, insetos carismáticos e inofensivos pouco conhecidos no Brasil. Desde o início, o projeto trabalha uma ciência contemporânea, envolvendo divulgação, educação e contato com a natureza, arte e outras áreas.
Tem sua sede no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, onde trabalha em parceria com o Laboratório de Fitossanidade sob orientação de Maria Lucia França Moscatelli. O projeto também faz parte do núcleo de exploradores da National Geographic Society.
- Data: 20/10, às 10 horas
Duração: 50 minutos


- Mostra Ver Ciência
Exibição de vídeos do projeto Ver Ciência na Sala Multimídia do Museu do Meio Ambiente. Sessões contínuas das 9h às 17h, exceto no dia de palestra.
Data: 18, 19, 20 e 21/10 (exceto dia 20/10 das 10h às 12h).


Exposições itinerantes

Ilhas do Rio - O Projeto Ilhas do Rio faz pesquisa científica no Monumento Naturas das Ilhas Cagarras e divulga o resultado dessas pesquisas em  um caminhão, com baú adaptado, levando para o público adulto e infantil fotos, vídeos, painéis didáticos, amostras botânicas e o acervo da coleção zoológica da SAE/MNRJ.
Data: 20/10, das 10h às 16h
Local: em frente ao Museu do Meio Ambiente

PrevFogo - Uma equipe do PrevFogo concientiza sobre as causas e consequências dos incêndios florestais
Datas: 20 e 21/10, das 10h às 17h, em frente ao Museu do Meio Ambiente.


* As atividades no Museu do Meio Ambiente e no Corredor Cultural do JBRJ serão gratuitas.

Venha conhecer a ciência que se faz no Jardim!

A expectativa da SNCT é de chegar a 1,5 mil cidades este ano. Em 2017 foram realizados cadastros de 104.423 atividades em 1.311 municípios brasileiros de todos os estados da Federação, envolvendo a participação de 1.017 instituições.

Jardim Botânico do Rio de Janeiro- rua Jardim Botânico, 1008