Acesso à informaçãoFaltam 23 dias para a Copa

Jardim Botânico na campanha nacional contra o Aedes aegypti

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro está engajado nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypty, transmissor da dengue, da chikungunya e da zika. Além dos cuidados cotidianos do JBRJ para evitar a proliferação do mosquito em suas dependências, a instituição terá uma série de ações nesta sexta-feira, 2 de dezembro, como parte da campanha nacional de combate ao Aedes aegypti.

Ações nas edificações
- inspeção dos interiores de todas as edificações em busca de foco e, onde necessário, aplicação do larvicida biológico;
- revisão das vedações das caixas d´água;
- limpeza nos locais das lajes onde ocorre acúmulo de água;
- limpeza das calhas;
- limpeza de bandejas de geladeira e ares-condicionados e inspeção dos ralos.

Ações nas áreas externas
- reorganização dos canteiros de bromélias, que estão sendo replantadas com maior espaçamento para facilitar a aplicação do larvicida biológico;
- introdução de peixes barrigudinhos (nome popular), que comem larvas de insetos, nos tanques de plantas aquáticas.

Parceria com a Secretaria de Saúde
O Jardim Botânico do Rio de Janeiro e a Secretaria Municipal de Saúde têm uma parceria para garantir o controle do mosquito na área do Jardim. A cada 15 dias, a Divisão de Vigilância em Saúde da Secretaria inspeciona 600 depósitos naturais de água no Arboreto, entre eles as bromélias, bambus e árvores-do-viajante. Quando são encontradas larvas (e outras formas imaturas) de qualquer tipo de mosquito, elas são encaminhadas para a identificação da espécie e o larvicida biológico é aplicado.

Visita tranquila
É bom destacar que, na área aberta à visitação pública – o Arboreto – a possibilidade de haver foco do Aedes aegypti é reduzida, porque quanto mais natural é o ambiente, maior é o equilíbrio entre os organismos vivos, e o mosquito encontra muitos inimigos naturais. O A.  aegypti gosta de áreas fechadas, com ocupação humana, como escritórios e residências, onde encontra mais facilidade para proliferar.